Especialista em Processos

Química Verde

Adriano Siqueira Vieira


Print this pageEmail this to someoneShare on Google+Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedIn

adriano.vieira@bioetanol.org.br
Telefone: +55 (19) 3517-5020
Sala: 248 B | Laboratório: 127 B

Currículo Lattes | Researcher ID | LinkedIn

Biografia

É graduado em Química Industrial pela Universidade Federal de Santa Maria em 2000, mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal de Santa Maria em 2002 e doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal de Santa Maria em 2006. Pós-doutorado em Síntese Orgânica pela Universidade de São Paulo em 2009 e Pós-doutorado Empresarial em Química Orgânica na área de Síntese de Ingredientes Farmacologicamente Ativos (IFAs) pela Universidade Estadual de Campinas em 2011. Possui experiência e atuação nos seguintes temas: síntese orgânica aplicada e escalonamento de processos de obtenção de ingredientes farmacologicamente ativos; físico-química do processamento de biomassa lignocelulósica para biocombustíveis e produtos da química verde com ênfase em conversão química de bagaço-de-cana-de-açúcar. Atualmente trabalha como pesquisador no Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) desde 2012.

Formação Acadêmica

2010 – 2011

Pós-Doutorado Empresarial em Química Orgânica na área de Síntese de Ingredientes Farmacologicamente Ativos (IFAs).
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – Campinas-SP, Brasil.


2007 – 2009

Pós-Doutorado em Síntese Orgânica.
Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo-SP, Brasil.


2003 – 2006

Doutorado em Química Orgânica.
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria-RS, Brasil.


2001 – 2002

Mestrado em Química Orgânica.
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria-RS, Brasil.


1997 – 2000

Graduação em Química Industrial.
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Santa Maria-RS, Brasil.

Áreas de Pesquisa
  1. Processamento de biomassa lignocelulósica em biocombustíveis e produtos químicos renováveis;
  2. Processos de conversão termoquímica de biomassa lignocelulósica em biocombustíveis, intermediários químicos renováveis e produtos finais na área de química verde, com ênfase na conversão termoquímica do bagaço de cana-de-açúcar;
  3. Processos físicos e químicos de separação de misturas em sistemas com múltiplos componentes e purificação de produtos químicos, com foco em produtos gerados a partir da conversão termoquímica de biomassa lignocelulósica, e de produtos gerados em bioprocessos.
Publicações Selecionadas e Patentes

Patente Selecionada

  • Método de Tratamento de Extrato Orgânico Compreendendo um Produto Alvo Obtido a Partir do Processamento de Biomassa. 2016, Brasil.
    Inventores: Vieira, A.S.; Soares, C. C. S. P.; Barbosa, M. T. B. P.
    Patente de Privilégio de Inovação. Número de Registro: BR10 2016 0167191
    Instituição de registro: INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial.
    Depositante: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais
    Data de Depósito: 19/07/2016

Patentes


Method for preparing atorvastatin calcium using new intermediates and resulting atorvastatin; Dias, L. C.; Vieira, A. S.; Barreiro, E. J.
Número da publicação: WO2012145808A1.

Prêmios


Prêmio Inovação Incremental INCT-INOFAR, Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos.