Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o Brasil é o quarto maior mercado mundial do segmento, atrás apenas dos eua, China e Japão. O país é responsável por cerca de 7% do consumo global dessa categoria e, mesmo com os impactos da recessão econômica atual, a área segue expressiva e abre oportunidades às empresas que agregam valor aos seus produtos.

A última edição do Boletim CTBE aponta os possíveis uso da cana-de-açúcar para o valioso mercado de HPPC (higiene pessoal, perfumaria e cosméticos).

Clique aqui para fazer o download da quinta edição do Boletim CTBE ou leia pelo visualizador abaixo.